ARROZ: BRANCO OU INTEGRAL?



14/11/2011

O arroz é um dos alimentos mais importantes do mundo. É tão consumido que fornece metade das calorias diárias a metade da população mundial. Nos países asiáticos, como por exemplo na Tailândia, o arroz é tão valorizado que a tradução da palavra ‘comer’, significa literalmente ‘comer arroz’.

Para nós brasileiros ele também se faz presente. A combinação ‘arroz-feijão’ faz parte do cardápio diário da grande maioria da população. Mas são muitas variedades que encontramos nas prateleiras dos supermercados, classificados por tamanho, tipo, grau de moagem…Então, qual é o mais completo e fornece mais nutrientes ao organismo?

Sem dúvida o arroz integral é o mais recomendado, pois é rico em fibras, proteínas, minerais e vitaminas do complexo B. Como dele só é retirada a casca, os nutrientes concentrados na sua película e gérmen conferem mais vantagens à saúde do que o arroz processado, que mantém apenas o endosperma do grão, rico em amido, diferente do arroz branco polido que não tem a película, por conseqüência tem menor valor nutricional.

A película, que reveste os grãos do arroz integral, é rica em hidratos de carbono, óleos, proteínas, vitaminas: A, B1, B2, B6, B12, niacina, ácido nicótico, ácido pantotênico, provitaminas C, E, e minerais em grande quantidade.

O consumo regular do arroz integral traz muitos benefícios. Diminui os problemas intestinais como a constipação; melhora o metabolismo da glicose nos diabéticos; protege o sistema nervoso, devido à vitamina B1; melhora o metabolismo da contração muscular, sendo excelente para todos, inclusive para atletas.

Além de ser isento de glúten, portanto celíacos podem consumir, aumenta a quantidade de fibras é uma boa dica para quem deseja emagrecer, pois as fibras demoram mais tempo para serem digeridas, assim prolongam a sensação de saciedade. Mas, ao se aumentar a quantidade de fibras, deve-se aumentar também a quantidade de água.

O arroz é processado nos moinhos, até que fique completamente branco, perde mais da metade de seu valor nutritivo (pode chegar a 75% de perdas), que está justamente na película escura que faz o revestimento do grão. Isto depois é dado aos porcos no farelo e este animal cresce forte e sadio, enquanto o homem come o alimento empobrecido, o resto, a sobra do arroz. E é justamente o farelo, esta casquinha grudada no grão do arroz, que ajuda a combater a prisão-de-ventre tão comum e prejudicial à muitas pessoas. Nosso intestino precisa de alimento fibroso, celulose, farelo, para funcionar bem.

Quando se refina o arroz até deixá-lo branco completamente, destrói-se-lhe também o gérmen e ele não tem mais vida; é, portanto um alimento morto. Além disso, o arroz branco prende o intestino, pois é rico em goma e ‘gruda’ nas vilosidades. Muitas vezes o arroz branco é tratado artificialmente com glicose e até com parafina, para ficar brilhante e, com talco neutro, para ficar soltinho.

Com todas as informações, que tal mudar de hábitos e incluir o arroz integral, que além de muito saboroso, traz muitos benefícios para sua saúde.

 

O Espaço Nirvana, maior centro de bem-estar no Rio de Janeiro, fica localizado na Praça Santos Dumont, 31 Gávea Jockey Club do Rio de Janeiro. Entrada pela Rua Jardim Botânico Tribuna A. Telefone: (21) 21870100. Ao lado do Jardim Botânico e Lagoa, e pertinho do Leblon, Ipanema, Humaitá e Botafogo.